Buscar
  • Felipe Oliveira Silva

O grande erro cometido na fase psicológica do concurso da Polícia Militar!

Atualizado: Ago 24

Ao longo dos anos, para ser específicos desde 2009 trabalho com a fase psicológica dos concursos policiais e pude acompanhar as mudanças de cada edital.


Até 2013 bastava o candidato treinar alguns testes e decorar algumas perguntas e respostas, que já eram de conhecimento de todos os testes e perguntas que caiam e pronto era o suficiente. E isso foi se propagando ao ponto em que a polícia conseguiu traçar as características de pessoas treinadas por meio dos testes e respostas apresentadas e inicio uma vasta reprovação aumentando da média de 50% de reprovação entre 70% e 75% de reprovação.

Infelizmente muitos candidatos não sabem disso e cometem os mesmos erros, buscam treinar os testes, como sei disso? Muitos candidatos que já reprovaram torna-se meus alunos e relatam como fizeram no edital da referida reprovação e interessados no curso que suas maiores preocupações são quantas vezes irão fazer o os testes e seu ensino o que precisa fazer nos testes.

O que sempre reforço para meus alunos aqui no Instituto Supera através do Método CPC - Coaching e Psicologia para Concursos é que devemos esquecer isso de aprender testes e sim desenvolver seu perfil, por duas razões isso deve acontecer:

1º Se você não estiver realmente com o perfil não conseguirá passar apenas sabendo como são os testes, porque hoje no edital como exemplo aqui no Estado de São Paulo a Polícia Militar troca os testes de raciocínio entre as turmas do mesmo edital, algo que não acontecia dois anos atrás;

2º Se você realmente não estiver com seu emocional e comportamento desenvolvido será muito difícil e penoso prosseguir na carreira que a cada dia se torna mais desafiadora, pela falta de respeito da sociedade, ataques da mídia e demais pressões, sem contar que infelizmente o numero de suicídio esta alto dentro da instituição.

Por isso desenvolva-se e conquiste seu objetivo ou sonho de se tornar um policial seja militar ou civil e principalmente faça deste período da sua vida dentro da instituição a qual for fazer parte um meio de vida e prazer. Felipe de Oliveira Silva

Psicologo CRP 06/95373

10 visualizações

[11] 96031-5585 WhatsApp

contato@institutosupera.com.br

R. Ezequiel Freire, 17 - SÃO PAULO - SP - BRASIL

CNPJ 26.451.150.0001-05

F De Oliveira Silva Treinamento e Desenvolvimento